NOVIDADES: Mercedes-Benz investe no conforto das cabines


Em evento na manhã desta sexta-feira (24), a Mercedes-Benz começou a antecipar as novidades da marca para a Fenatran – 2017, que será realizada em outubro, em São Paulo. “O novo posto de trabalho assegura um alto nível de ergonomia e facilita a operação no dia a dia do motorista, o que se traduz em maior conforto e produtividade”, afirma Roberto Leoncini, vice-presidente de Venda, Marketing e Peças&Serviços. Segundo ele, na Fenatran, todos os caminhões Atego, Axor, e Actros trarão as novidades.

Além dos bancos, os caminhões ganham novo pacote multimídia com painel, volante multifuncional, sistema de som e tacógrafo digital, quem ampliam as facilidades do dia a dia par ao motorista.

De acordo Leoncini, os bancos foram desenvolvidos pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico da MB do Brasil, em parceria com os fornecedores, para atender o biotipo brasileiro. “O desenvolvimento local levou em conta as características do transporte e hábitos de quem dirigem caminhão pelo imenso território nacional, o que foi captado em clínicas, pesquisas, demonstrações, eventos, test-drives, reforçando mais uma vez que seguimos à risca o nosso compromisso com o slogan ‘As estrada falam. A Mercedes-Benz ouve’. Como resultado, oferecemos o melhor banco do mercado, feito aqui mesmo no Brasil, pensando nas expectativas e satisfação de nossos motoristas”, garante.

Com design diferenciado e oferecido nas versões estático e pneumático – standard e conforto – os novos bancos se caracterizam pelo encosto com perfil mais envolvente, que remete à limagem de um arrojado banco de automóvel. Os assentos tiveram sua espessura de espuma aumentada em 10 milímetros. O novo acabamento, em tecido ou vinil, está mais macio, aumentando a sensação de conforto, além de facilitar a limpeza.

Todos os bancos têm cintos de segurança integrados. Os apoios laterais envolventes propiciam melhor acomodação das costas. O ajuste lombar pneumático, disponível na versão conforto, tem duas bolsas infláveis para apoio lombar e duas para apoio lateral, propiciando um ajuste perfeito para cada biotipo de motoristas.

Os novos bancos têm 12 regulagens: ajuste de encosto das costas; baixar/levantar o assento pneumático; ajuste da abertura do banco; ajuste da inclinação do assento; ajuste do amortecedor; amortecimento horizontal; ajuste horizontal; ajuste de profundidade do assento; dois apoios de braço; baixar/levantar o encosto das costas; e ajuste lombar (na versão conforto).

Também há novidades nas camas, disponíveis nas cabines leito e estendida.O revestimento passou a ser confeccionado com um tecido de mais elasticidade. A espuma é laminada, com espessura de 120 milímetros.

CLIENTE

Presente no evento da Mercedes-Benz, o diretor de Logística da Seara Agronegócio de Londrina, Afonso Mariano, elogiou as evoluções que a montadora vem fazendo em seus veículos. Segundo ele, o câmbio automatizado, por exemplo, possibilitou a melhora do aproveitamento da potência do caminhão tanto nas descidas como nas subidas. “Uma viagem que fazíamos de Londrina a Paranaguá durava 11 horas e meia. Agora, com os automatizados, dura 10 horas”, conta. O ganho de produtividade é importante, de acordo com Mariano, para a empresa e também para o motorista, que tem sua remuneração aumentada.

A Seara tem uma frota de 200 caminhões, sendo que 80% são Mercedes-Benz Axor. Esses veículos ajudam a empresa a transportar uma pequena parte de sua carga própria. Ela contrata cerca de 2 mil terceiros para carregar os grãos.

O diretor explica que a robustez dos veículos, a confiabilidade e o relacionamento com a fábrica foram os fatores que levaram a Seara a optar pela Mercedes-Benz. “Nós analisamos toda uma cadeia de relacionamento. E o produto faz parte desta cadeia. Mas tem também o pós-venda, o pré-venda, a relação com a fábrica. Esse conjunto de relacionamento que temos com a Mercedes-Benz é muito produtivo”, avalia.

Fonte: Carga Pesada